Conservar a fachada economiza imposto

June 5, 2018

Leis municipais prevêem isenção total ou de 50% de IPTU para imóveis que investirem na manutenção 


Condôminos do Palácio do Comércio gastaram R$ 1,2 milhão na reforma da fachada; valorização de unidades chegou a 30%

 

 

Via: Folha de São Paulo

    Renovar a aparência de um edifício localizado no centro de São Paulo ajuda o condomínio a gastar menos com impostos.
    Duas leis municipais incentivam a reforma de fachadas no centro de São Paulo. Uma delas, a de nº 12.350/97, prevê isenção total de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para restauro de fachadas de imóveis tombados ou preservados pelo patrimônio histórico. A de nº 10.598/88 beneficia qualquer prédio com isenção de 50% do IPTU pelo tempo de duração, de no máximo dois anos, das obras de recuperação.
    "A maioria dos prédios que se vale dessas leis é comercial", afirma Rafael Nasser e Silva, 46, diretor da Refix Engenharia, especializada no trabalho. "A conservação do que foi alterado deve ser feita durante o período de isenção do imposto. O custo dela é de 5% a 10% do valor da obra, por ano."
    Muitas vezes, a economia obtida pelo desconto no IPTU é menor do que o capital necessário para a reforma. Nesses casos, é comum o condomínio buscar um patrocinador, que banca o serviço como se fosse um investimento em marketing. Além disso, a empresa embolsa o valor do imposto que deixará de ser pago.

    Valorização
    No caso do Palácio do Comércio, prédio de escritórios vizinho do Teatro Municipal, a reforma foi custeada pelos próprios condôminos, que ocupam 281 salas. No total, foi gasto R$ 1,2 milhão, bem mais que os R$ 40 mil poupados com a isenção parcial de IPTU -o edifício não é tombado.
"O prédio estava sujo, com as janelas enferrujadas, deteriorando-se, desvalorizando-se", relata o síndico Paulo Senna, 55. "Foram trocados os vidros e toda a caixilharia." Ele conta que houve um outro benefício com as mudanças: "os valores de locação e de venda das salas aumentaram de 25% a 30%".
   A reforma de fachadas como fator de incentivo para a revitalização do centro deve ser observada com parcimônia, na opinião do arquiteto e urbanista Paulo Sophia, 49, presidente do IAB-SP (Instituto de Arquitetos do Brasil em São Paulo). "Ela deixa o centro bonitinho para um passeio turístico, mas a vida urbana efetiva precisa de outras bases. Essa região da cidade não vai se recuperar só com novas fachadas." (EV) 

 

MBergmann é uma empresa referência na área de restauração e reforma de fachadas em condomínios. Há mais de 20 anos em São Paulo, é especializada em Pintura de Fachadas, Manutenção e Restauração de Fachadas, Tratamento de Trincas, Impermeabilização de Fachadas, Recuperação Estrutural, Tratamento de Juntas de Movimentação, Retrofit de Fachadas e Calafetação de Janelas. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
© mbergmann Rua Cônego Vicente Miguel Marino, 404 | Barra Funda | São Paulo | SP | Tel. (11) 3392.1515 | 0800 770 5920   |  mbergmann@mbergmann.com.br

MBergmann é uma empresa referência na área de restauração e reforma de fachadas em condomínios. Há mais de 20 anos em São Paulo, é especializada em Pintura de Fachadas, Manutenção e Restauração de Fachadas, Tratamento de Trincas, Impermeabilização de Fachadas, Recuperação Estrutural, Tratamento de Juntas de Movimentação, Retrofit de Fachadas e Calafetação de Janelas.